O DRAMA dos Programadores Iniciantes

Nunca houve um momento onde se viu tantas opções de carreiras na área de tecnologia da informação.

E parece que esses tipos de carreiras abriram novas possibilidades de emprego, principalmente para queles que sempre olharam para a área de programação como um sonho a ser alcançado.

E se antes o problema era não ter tempo para cursar uma faculdade, hoje em dia nunca foi tão fácil pra se tornar um profissional capacitado, atualmente qualquer um pode pagar por serviços como faculdades EAD e cursos online que emitem diplomas e certificados reconhecidos por órgãos como o Ministério da Educação, o MEC.

Mas esse crescimento desenfreado na área da tecnologia, deu ideia para toda uma nova indústria começar a explorar novas maneiras de agilizar o processo de desenvolvimento de softwares e afins, eu estou falando das inteligências artificiais como o próprio Chat GPT.

Sim, empresas estão passando a usar essa IA como uma espécie de suporte aos tipos de trabalho que antes, em tese, poderiam ser ocupados facilmente por um programador Júnior ou até mesmo um estagiário.

Eis que novamente a discussão é sobre o quão prejudicial o Chat GPT pode ser para a profissão de programador e o quanto essa ferramenta pode atrapalhar principalmente os novatos.

E nesse artigo você entenderá de uma vez por todas o quão importante e superior um programador humano pode ser no mercado de trabalho e se essa área é realmente pra você.

Requisitos vs Realidade

Precisamos começar falando sobre alguns erros cometidos pelos novatos, o primeiro erro mais comum que as pessoas cometem é achar que a vaga para programadores juniores está ali simplesmente pra empresa baratear os seus custos, ou seja, fazer mais pagando menos, se bem que isso pode sim estar acontecendo em algumas empresas, mas na maioria das vezes, em termos de conhecimentos técnicos, não faz nenhum sentido programadores juniores fazendo funções e tarefas de programadores Séniores.

O outro erro mais comum é simplesmente pensar que por se tratar de uma vaga júnior a pessoa contratada não terá tanto trabalho assim, afinal de contas você está aprendendo e não precisa executar muitas tarefas complexas. 

De certa maneira isso é sim verdade, por outro lado, o programador iniciante terá maior trabalho mesmo em demonstrar sua real dedicação com o que está fazendo dentro da empresa, isso inclui demonstrar que realmente ele está agregando valor para essa empresa.

É importante que você entenda desde já que o custo da hora de um programador mais experiente é sempre mais caro, isso significa que não compensa pra empresa pagar pra um programador sênior resolver problemas simples sendo que essa tarefa poderia facilmente ser realocado para um programador iniciante, eis ai a demanda por programadores juniores.

Se você vem acompanhando a área de tecnologia já deve ter percebido a polêmica gerada na hora que as empresas resolvem divulgar uma vaga para programadores iniciantes, isso porque além dos requisitos básicos totalmente plausíveis geralmente também é requisitado alguns conhecimentos um pouco mais elevados e como dito por alguns “Totalmente fora da curva”.

Não querendo defender esse tipo de situação mas, por experiência própria eu posso afirmar que geralmente as empresas quase sempre estão mantendo sistemas legados e quase nunca criando algo novo, então querer que o programador Júnior tenha um certo conhecimento em algo que aparentemente não é conhecimento de um júnior é sim algo sem sentido mas pra você que já entendeu isso, pode ser o diferencial que vai te ajudar a embarcar nessa área com mais facilidade.

Claro que empresas sérias deixam bem claro que certos conhecimentos que aparentam ser algo avançado é um conhecimento desejável e não um requisito obrigatório para aquela vaga, mas que se necessário e caso o candidato não tenha esse tal conhecimento específico, a empresa irá treiná-lo para atender essa demanda.

Por onde começar pra não perder tempo e aplicar para uma vaga o mais rápido possível?

É exatamente o que demonstra alguns casos de empresas que lançaram vagas em grupos nas redes sociais mas que vários programadores que passaram por esses processos de recrutamento não gostaram nenhum um pouco disso.

Desespero e medo

Nos meus últimos vídeos lá no meu canal sobre o CHAT GPT é fácil encontrar comentários de pessoas dizendo que não compensa mais focar na área de programação, que é uma área sem saída e que a onda por novos desenvolvedores e programadores já passou, mas eu afirmo através de dados que isso não é verdade.

No site da IBM foi divulgado um artigo onde é citado que em Janeiro deste mesmo ano o número de vagas abertas para os 25 cargos de tecnologia com maior demanda foi de 38% maior que o do mesmo período de 2022.

É inegável que sim, estão acontecendo adaptações na área com base nas grandes contratações que aconteceram em 2020, mas as empresas não pretendem e nem querem voltar ao patamar anterior dessa época, muito pelo contrário, o crescimento continua.

Mas se o mercado está a todo vapor, por que tantas pessoas acusam essa falsa sensação de que o mercado não é mais o mesmo, principalmente para os iniciantes que estão sentindo uma grande dificuldade de conseguir seu primeiro emprego?

O motivo pode ser o mais óbvio e que talvez você já deva ter percebido, a grande poluição da área por supostos influencers, programadores que vendem facilidades e muitos até romantizam a área dizendo que o programador ou desenvolvedor só precisa de um curso básico e pronto, mas a realidade não é bem assim.

Cursos e treinamentos só fazem sentido quando o aluno já sabe exatamente pra qual área seguir, e mesmo assim, abrir mão de uma graduação ou de um diploma não é a melhor escolha.

Aqui no canal é fácil encontrar vídeos onde eu reforço sobre a importância da afinidade que o aluno deve ter com a área de tecnologia e que só querer aprender a programar por causa de dinheiro não vai ser o melhor motivo pra te fazer querer estudar todos os dias e principalmente encarar os desafios diários de um programador.

Mas se quase ninguém está se esforçando de verdade pra conseguir aproveitar esse número de vagas disponíveis, por que as pessoas estão com tanto medo de investir na área de programação? 

Talvez você já deva saber a resposta!

Saiam, saiam dessa área!

“Saiam, saiam dessa área! Com o Chat GPT os programadores estão com os dias contados!”

Esse foi um dos vários comentários que eu recebi e recebo todos os dias de pessoas que estão de certa forma frustradas com a área ou simplesmente não entenderam o que é o CHAT GPT.

Eu digo isso porque nem todos pensam assim, já li aqui no canal outros comentários dizendo que o CHAT GPT tem o poder de acelerar o aprendizado de um iniciante, uma vez que a consulta para resolução de um problema é muito mais rápido, dinâmico e somado ao empenho desses alunos a inteligência artificial veio para agilizar.

E sim, pra quem já entendeu, o Chat GPT é somente uma ferramenta de produtividade, nada além disso!

Assim como qualquer ferramenta, o chat GPT precisa de operadores, pessoas que a utilizem pra só então ser considerado útil, ao contrário de um humano, o chat GPT, como ferramenta, não levanta de manhã pra passar o cartão ponto e resolve fazer a manutenção de um sistema ou simplesmente criar uma documentação 

Eu particularmente quando leio esses tipos de comentários que dizem que é melhor as outras pessoas desistirem da área de programação ou simplesmente dos próprios sonhos, eu só consigo imaginar que essa pessoa que digitou essas palavras é uma pessoa frustrada, sem objetivos e determinação e por isso não quer que você e os demais cresçam, então fique ligado, não se deixe abalar com pessoas assim, mantenha-se focado.

Agora se eu pudesse te dar uma super dica, algo que eu demorei muito pra entender a importância, é: Estude algo que te dê um grande diferencial como por exemplo o inglês. 

E se você confia em mim e no meu trabalho eu quero compartilhar com você a Jornada do Autodidata em inglês, onde você vai aprender de fato o que realmente importa sobre o idioma, na prática, sem enrolação e direto ao ponto.

Para conferir é só clicar aqui!

Mas me conta aí, como está sendo sua caminhada no mercado da programação? Comenta aqui abaixo para ajudar as outras pessoas que estiverem chegando aqui no vídeo.

Compartilha esse artigo com um amigo e me segue lá no instagram, em @eu.emersongm.

Um grande abraço e até mais.

Sobre o Autor

Emerson Machado
Emerson Machado

Emerson Machado, especialista em Desenvolvimento de Aplicativos e em Tecnologia da Informação.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Enviar uma mensagem
Posso te ajudar?
Olá 👋
Posso te ajudar?